Indústria

por ASCOM publicado 14/03/2017 15h26, última modificação 12/12/2017 10h26

A intensidade do uso da água no setor industrial depende de vários fatores, dentre eles: o tipo de processo e de produtos, a tecnologia utilizada, as boas práticas e a maturidade da gestão.

Segundo informações dos relatórios de Conjuntura dos Recursos Hídricos, as regiões hidrográficas Atlântico Sul, Atlântico Sudeste e do Paraná possuem, nessa ordem, os maiores valores de demanda de uso da água para o setor industrial. Isso acontece, pois nessas regiões se concentram as cidades com maior atividade econômica do país. Em bacias como a do Rio Tietê e a da Região Hidrográfica do Paraná, por exemplo, esse é o uso principal, correspondendo a cerca de 45% da vazão de retirada da bacia, de acordo com estimativas realizadas pela ANA.

Conheça a publicação Água na Indústria: Uso e Coeficientes Técnicos, que apresenta a estimativa de coeficientes técnicos com base no número de trabalhadores, que podem ser aplicados tanto para a obtenção das demandas hídricas quanto para a validação ou complementação das bases de dados cadastrais (dados medidos ou estimados em cadastros de usuários).

Acesse o mapa interativo da demanda pela água e visualize onde estão concentrados os principais usos no Brasil.