Você está aqui: Página Inicial > Panorama das águas > Água no mundo > Monitoramento hidrológico por satélite > Monitoramento hidrológico por satélite

Monitoramento hidrológico por satélite

Com intuito de fortalecer a Rede Hidrometeorológica Nacional, a ANA vem trabalhando no desenvolvimento da aplicação de uma nova tecnologia, denominada Hidrologia Espacial, em parceria com a entidade francesa Institut de Recherche pour le Développement (IRD). 

Esta técnica permite a aquisição de dados em tempo quase real e a ampliação do monitoramento hidrológico em regiões de difícil acesso do país. Ao invés de estações hidrometeorológicas físicas, são criadas estações virtuais a partir de dados coletados por equipamentos embarcados em satélites, o que permite a obtenção de parâmetros de qualidade de água (concentração de sedimentos em suspensão, turbidez e clorofila a) e níveis de rios. 

A aplicação desta tecnologia é promissora por vários aspectos, entre os quais se destacam: i) a atuação rápida para minimização de efeitos de eventos críticos, como secas e enchentes; ii) a economia de recursos (não necessita instalação nem manutenção de equipamentos em solo); iii) a possibilidade de preencher lacunas de séries históricas de estações convencionais (recuperação de séries temporais a partir do início do funcionamento dos satélites); iv) o monitoramento de rios em áreas remotas ou conflituosas. 

Os dados obtidos por satélites estão disponíveis no sistema HidroSat.

Conheça todos os projetos de cooperação internacional:

Sala de Situação