Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Reuniões de Acompanhamento da Operação do Sistema Hídrico do Rio São Francisco serão mensais

Notícias

Reuniões de Acompanhamento da Operação do Sistema Hídrico do Rio São Francisco serão mensais

por Raylton Alves - ASCOM/ANA publicado: 08/05/2019 17h40 última modificação: 09/05/2019 11h06
Andréa Trindade / Banco de Imagens ANA

Na sede da Agência Nacional de Águas (ANA), em Brasília, e por videoconferência aconteceu a primeira reunião da Sala de Acompanhamento da Operação do Sistema Hídrico do Rio São Francisco. O encontro ocorreu na última segunda-feira, 6 de maio, quando foi definida a periodicidade mensal. A próxima reunião de acompanhamento ficou marcada para 3 de junho, segunda-feira, quando, além do acompanhamento da operação do sistema, será debatida a perspectiva futura do setor elétrico no Nordeste. 

A criação da Sala de Acompanhamento da Operação do Sistema Hídrico do Rio São Francisco foi motivada pela entrada em vigor da Resolução ANA nº 2.081/2017 em 1º de maio deste ano, com a emissão de comunicado da Agência em 30 de abril, etapa necessária para que a Resolução pudesse vigorar. A criação deste grupo coincide com o fim das atividades da Sala de Crise do Rio São Francisco, já que o conjunto de reservatórios da bacia saiu da condição crítica ocasionada pela seca na região desde 2012. 

Segundo as condições de operação dos reservatórios do Velho Chico contidas na da Resolução nº 2.081/2017, Três Marias (MG) está na faixa de operação normal, já que o reservatório acumulava um volume útil de 81,67% em 7 de maio. Assim, a vazão média diária mínima liberada é de 150m³/s e a defluência máxima é livre. 

No caso de Sobradinho (BA), o volume útil de 49,14% registrado ontem coloca o reservatório na faixa de operação de Atenção para o período seco, que vai de maio a novembro. Com isso, a defluência mínima média diária a ser liberada é de 800m³/s tanto em Sobradinho quanto em Xingó (AL/SE). Já a liberação máxima é limitada pela curva de segurança de Sobradinho e pode ser de até 1.000m³/s. 

Rio São Francisco 

O rio São Francisco nasce na Serra da Canastra (MG), e chega à sua foz, no Oceano Atlântico, entre Alagoas e Sergipe, percorrendo cerca de 2.800km, passando por Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Alagoas e Sergipe. O Velho Chico é o rio 100% nacional com maior extensão. A bacia possui 503 municípios e engloba parte do Semiárido, que corresponde a aproximadamente 58% desta região hidrográfica, que está dividida em quatro unidades: Alto, Médio, Submédio e Baixo São Francisco.

Assessoria de Comunicação Social (ASCOM)
Agência Nacional de Águas (ANA)
(61) 2109-5129/5495