Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Recursos Hídricos é tema de palestra master no aniversário da ABGE

Notícias

Recursos Hídricos é tema de palestra master no aniversário da ABGE

publicado: 05/09/2018 18h08 última modificação: 26/09/2018 09h20
Joao Gerônimo Monticel / ABGE Diretor da ANA realiza palestra máster do evento

Diretor da ANA realiza palestra máster do evento

A Agência Nacional de Águas, representada pelo diretor Ney Maranhão, foi convidada para proferir, na segunda-feira, dia 03/09, a palestra master do 16º Congresso Brasileiro de Geologia de Engenharia e Ambiental, que teve edição especial em celebração aos 50 anos da Associação Brasileira de Geologia e Engenharia Ambiental (ABGE). Com a palestra “Vinte um anos de Política Nacional de Recursos Hídricos: Conquistas, Crises e os Caminhos para a Consolidação de uma Segurança Hídrica explicou a Política Nacional de Recursos Hídricos, a gestão integrada e falou sobre os avanços da segurança hídrica, “uma das maiores preocupações atuais do País”, segundo definiu.

De acordo com Ney Maranhão, a área de geologia e engenharia ambiental não apenas tem potencial para contribui diretamente, mas também para complementar a gestão de recursos hídricos com relação à ocupação de solo e análise de riscos ambientais, como deslizamentos, questões relacionadas à agenda da ANA com relação aos eventos críticos e à segurança de barragens.

Na avaliação, há espaço para uma maior aproximação dos profissionais da ANA com esses especialistas, pois a engenharia ambiental se interessa pela concepção, construção, manutenção e segurança da infraestrutura que sustenta os recursos hídricos. Além disso, outra área de interesse são os conhecimentos das instituições congregadas pela entidade sobre os impactos ambientais da ação antrópica sobre os recursos hídricos, por exemplo contaminação de áreas com reflexos na qualidade da água e gestão de riscos geológicos, que afetam bacias hidrográficas.

“Os especialistas que a ABGE reúne tratam de geologia de engenharia e estradas, de geologia de barragens, percolação de maciços rochosos, projetos e fundações de barragens, estabilidade de túneis de adução de água, que é a parte geotécnica do túnel. São conhecimentos necessários para a operação de túneis, ou seja, eles atuam sobre a infraestrutura que tem que ser mantida ou protegida e são necessárias à gestão dos recursos hídricos” afirmou.

Para ele, a ANA ainda não tem com a ABGE o mesmo nível de diálogo que mantem com a ABRH, ABES ou ABAS, por exemplo. “É necessário a ANA tenha um diálogo mais intenso com essa associação a fim de integrar as agendas hidrológicas e a de meio ambiente sob a perspectiva geológica e geotécnica”, disse.

Além proferir a palestra, o diretor se reuniu com dirigentes da entidade e do lançamento do livro Geologia de Engenharia Ambiental, da ABGE.