Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Projeto Produtor de Água no Pipiripau é ampliado

Notícias

Projeto Produtor de Água no Pipiripau é ampliado

por Raylton Alves - ASCOM/ANA publicado: 15/03/2019 14h07 última modificação: 18/03/2019 17h28

Na manhã desta sexta-feira, 15 de março, no Núcleo Rural Taquara (DF), a Unidade Gestora do Projeto Produtor de Água no Pipiripau – que reúne as 17 instituições realizadoras da iniciativa – realizou um encontro para ampliação do trabalho. O diretor da Agência Nacional de Águas (ANA) Ricardo Andrade participou da solenidade junto com outras autoridades. No evento aconteceu a assinatura de dez novos contratos com produtores rurais da região para ampliar ações de conservação de água e solo na bacia do ribeirão Pipiripau. 

Como parte da celebração ao Dia Mundial da Água, celebrado em 22 de março, este encontro também promoveu o compartilhamento de experiências entre os realizadores da iniciativa e os produtores rurais participantes. Durante o evento, foram apresentados os resultados da avaliação do Projeto, realizada no ano passado, e os produtores tiveram a oportunidade de falar sobre os benefícios causados pelo Produtor de Água e os pontos que podem ser aperfeiçoados. 

Outra atividade que aconteceu durante o evento no Núcleo Rural Taquara foi a inauguração do viveiro com mudas de plantas típica do Cerrado no Centro Educacional Taquara (CED Taquara). 

A bacia do Pipiripau 

As águas do ribeirão Pipiripau abastecem cerca de 180 mil habitantes do Distrito Federal. Na bacia, que ocupa uma área de 23.527 hectares (90,3% no DF e o restante em Goiás), o uso preponderante da água é para irrigação, principalmente de hortaliças. Isso acontece especialmente por conta do canal de irrigação Santos Dumont, que utiliza água do ribeirão. Outros usos expressivos são a dessedentação de animais e a aquicultura. 

As áreas agrícolas desta bacia hidrográfica ocupam cerca de 70% de sua área total e esta rede de drenagem natural contribui para o abastecimento humano e a produção socioeconômica da região. Devido à baixa disponibilidade de água – principalmente nos períodos mais secos do ano – a bacia tem um histórico de conflito pelo uso da água que vem sendo amenizado desde o início do Projeto Produtor de Água no Pipiripau em 2012. 

Instituições parceiras 

As seguintes instituições participam do Projeto Produtor de Água no Pipiripau: ANA; Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (ADASA); Banco do Brasil; Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (CAESB); Departamento de Estradas e Rodagem do Distrito Federal (DER-DF); Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal (EMATER-DF); Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA); Fundação Banco do Brasil (FBB); Instituto Brasília Ambiental (IBRAM); Projeto Pede Planta; Rede de Sementes do Cerrado; Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural; Secretaria de Meio Ambiente do Distrito Federal; Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (SUDECO); The Nature Conservancy (TNC); Universidade de Brasília (UnB); e WWF-Brasil. 

O Programa Produtor de Água

Criado em 2001, o foco do Produtor de Água é o estímulo à política de pagamento por serviços ambientais (PSA), que recompensa os produtores rurais por ações de conservação de água e solo. Com o objetivo de proteger os recursos hídricos no Brasil, a ANA apoia projetos que visam à redução da erosão e do assoreamento de mananciais no meio rural, melhorando a qualidade e a oferta de água. 

A ANA apoia mais de 50 projetos pelo Brasil, beneficiando mais de 35 milhões de pessoas das regiões metropolitanas de São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Palmas (TO), Rio Branco (AC), Campo Grande (MS), Goiânia (GO) e Brasília (DF). Todo o apoio técnico necessário é oferecido aos mais de 1.200 produtores participantes pela equipe de especialistas da Agência. As iniciativas já recuperaram uma área superior a 400 mil hectares. 

Assessoria de Comunicação Social (ASCOM)
Agência Nacional de Águas (ANA)
(61) 2109-5129/5495