Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Ney Maranhão participa de Fórum sobre Desenvolvimento Sustentável na ONU

Notícias

Ney Maranhão participa de Fórum sobre Desenvolvimento Sustentável na ONU

por ASCOM/ANA publicado: 13/07/2018 10h55 última modificação: 26/09/2018 11h40
Diretor da Área de Hidrologia da ANA debate ODS6 na ONU

Diretor da Área de Hidrologia da ANA debate ODS6 na ONU

O Diretor Ney Maranhão participou do Fórum Político de Alto Nível sobre Desenvolvimento Sustentável na Sede das Nações Unidas em Nova York, nos dias 9 a 11 de julho, nas sessões referentes ao tema dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), com ênfase nos ODS6 (água e saneamento), ODS7 (energia), ODS11 (cidades) e ODS12 (Produção e Consumo Sustentável) e sessões sobre estatísticas nacionais, Relatórios Voluntários Nacionais e Relatórios Voluntários Locais, água e direitos humanos, desastres, progressos gerais dos ODS e ciência, tecnologia e inovação.

O Fórum Político de Alto Nível sobre Desenvolvimento Sustentável é uma plataforma central das Nações Unidas para o acompanhamento e revisão da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável e os ODS, e conta com a participação plena e efetiva de todos os Estados Membros e membros das Agências da ONU.

Na sessão sobre os desafios na implementação do ODS 6, o diretor foi um dos comentadores, juntamente com o Vice-Diretor Geral do Ministério para o Meio Ambiente da Alemanha, o CEO do Water & Sanitation for Urban Poor e o Diretor do WaterAid para Moçambique. A sessão, que contou com a participação de representantes de todos os Estados Membros da ONU, teve a apresentação da Divisão de Estatística das Nações Unidas sobre a base de dados globais para o monitoramento dos ODS e do resultado da consulta global sobre o monitoramento do ODS 6, além da apresentação do Relatório Síntese 2018 sobre o ODS 6, elaborado pelo UN World Water Assessment Programme (WWAP) da UNESCO.

A sessão contou, como painelistas, com o Presidente do Painel Global de Alto Nível sobre Água e Paz, Danilo Türk (ex-presidente da Eslovênia), com o Comissário para Planejamento de Recursos Hídricos e Regulação de Uganda, Sr. Callist Tindimugaya, com a Diretora-Geral do Instituto Internacional de Gestão de Água, Sra. Claudia Sadoff e com a Vice-Ministra de Meio Ambiente do Peru, Sra. Lucia Ruiz.

As questões que nortearam os debates sobre a implementação e monitoramento do ODS 6 foram: quais são os principais pontos a serem enfrentados para eliminar as desigualdades no acesso aos serviços de água e saneamento? Quais são os modelos de financiamento inovadores mais viáveis que podem melhor promover a implementação do ODS 6? Como incentivar o trabalho decente e o crescimento econômico no setor água?

O diretor da ANA, além de tecer comentários sobre as três questões do debate, destacou as estratégias de enfrentamento da crise hídrica nas regiões Nordeste e Sudeste do Brasil, focalizando as soluções adotadas, as múltiplas sinergias entre programas sociais, a criação de redes de proteção social e programas de abastecimento de água em comunidades rurais, o aumento da resiliência a eventos extremos e a ampliação da segurança hídrica nessas regiões.

Na próxima semana, a diretora-presidente, Christianne Dias, e o diretor Ricardo Andrade representam a ANA na última semana do evento, onde haverá, entre outras, uma discussão sobre o 8º Fórum Mundial da Água.

A ANA é parceira do IPEA e do IBGE, que são as instituições de assessoramento técnico permanente da Comissão Nacional para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (CNODS), criada pelo Decreto Presidencial 8.892, de 2016, que estabeleceu uma governança para o processo de implementação da Agenda 2030 no Brasil.