Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Especialistas se reúnem na ANA para compartilhar informações sobre monitoramento da qualidade da água por satélite

Notícias

Especialistas se reúnem na ANA para compartilhar informações sobre monitoramento da qualidade da água por satélite

por Raylton Alves - ASCOM/ANA publicado: 08/04/2019 13h29 última modificação: 23/04/2019 18h32
Andréa Trindade / Banco de Imagens ANA Apresentação da especialista em recursos hídricos da ANA Rita Piscoya.

Apresentação da especialista em recursos hídricos da ANA Rita Piscoya.

Nesta segunda-feira, 8 de abril, das 9h às 17h, a Agência Nacional de Águas (ANA) realiza a oficina Monitoramento da Qualidade da Água de Rios e Reservatórios no Brasil por Meio de Satélites: Resultados Recentes e Desafios. O evento acontece no Auditório Flávio Terra Barth, na sede da instituição, em Brasília. O objetivo do encontro é divulgar resultados obtidos pela Agência, pelo Instituto de Pesquisa para o Desenvolvimento da França (IRD) e demais instituições parceiras na aplicação de dados coletados por satélites no monitoramento da qualidade das águas dos rios, lagos e reservatórios brasileiros. 

Durante o evento também serão discutidas perspectivas de uso destes dados pela comunidade de usuários e gestores de recursos hídricos a fim de promover o intercâmbio de conhecimentos, dados e informações sobre recursos hídricos e sensoriamento remoto entre os participantes da oficina. Casos práticos do uso do sensoriamento remoto serão apresentados para a bacia Amazônica, diversos reservatórios brasileiros e para os rios Doce e Paraopeba, ambos respectivamente impactados pelo rompimento de barragens em Mariana (MG), em 2015, e em Brumadinho (MG), neste ano. 

Participam da oficina cerca de 200 técnicos, especialistas e pesquisadores de instituições públicas e privadas que atuam na área de recursos hídricos, especialmente os envolvidos no planejamento e operação das redes de monitoramento de qualidade de água e sedimentos, além de interessados em conhecer e aplicar técnicas de monitoramento de qualidade de água por meio de satélites. 

Programação 

O coordenador de Dados e Informações Hidrometeorológicas da ANA, Walszon Lopes, abriu a programação da oficina às 9h. Ainda durante a manhã foram abordados os seguintes temas: histórico da hidrologia espacial no Brasil na última década, apresentado pela Agência e pelo IRD; novas tecnologias para um uso mais amplo da hidrologia espacial, abordado pela Universidade de Brasília (UnB) e pelo IRD; e monitoramento de mudanças regionais e catástrofes ambientais, relatado pela ANA e UnB. 

À tarde a programação começa às 14h com a temática do monitoramento da eutrofização de reservatórios por satélite, que contará com apresentações de representantes da ANA, Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (FUNCEME) e Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). Na sequência, às 16h, o monitoramento espacial na Amazônia estará em pauta em apresentação da Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Às 16h30, o superintendente de Gestão da Rede Hidrometeorológica, Marcelo Medeiros, e Walszon Lopes farão o fechamento do encontro.

Assessoria de Comunicação Social (ASCOM)
Agência Nacional de Águas (ANA)
(61) 2109-5129/5495