Você está aqui: Página Inicial > Notícias antigas > Estão abertas as inscrições para o V Curso de Medidores de Vazão Acústico Doppler

Estão abertas as inscrições para o V Curso de Medidores de Vazão Acústico Doppler

por ASCOM/ANA publicado 21/10/2009 00h00, última modificação 14/03/2019 16h34
Foz do Iguaçu (PR) será sede do V Curso de Medidores de Vazão Acústico Doppler entre 16 e 20 de novembro. Promovida pela Agência Nacional de Águas (ANA) em parceria com a Itaipu Binacional, a capacitação possui 25 vagas para profissionais de entidades federais, estaduais, distritais e municipais cu
Foz do Iguaçu (PR) será sede do V Curso de Medidores de Vazão Acústico Doppler entre 16 e 20 de novembro. Promovida pela Agência Nacional de Águas (ANA) em parceria com a Itaipu Binacional, a capacitação possui 25 vagas para profissionais de entidades federais, estaduais, distritais e municipais cujas competências se relacionem à gestão de recursos hídricos, além de técnicos – engenheiros e hidrometristas – das instituições operadoras da Rede Hidrometeorológica Nacional*. As inscrições vão até 29 de outubro e podem ser feitas por meio do preenchimento de formulário eletrônico disponível no Portal da Capacitação da ANA: www.ana.gov.br/portalcapacita.

O curso será gratuito. No entanto, as despesas com diárias e passagens deverão ser custeadas pelo interessado ou por sua instituição de vínculo empregatício. Ao final, será entregue um certificado de participação.

A capacitação é composta de aulas teóricas e práticas. A teoria será ministrada no Parque Tecnológico de Itaipu e a prática será tanto no rio Paraná, na Estação Iate Clube Cataratas, quanto no rio Monday, no Paraguai, na Estação Puesto Silva. Os instrutores do Curso de Medidores de Vazão Acústico Doppler serão Fabrício Alves (ANA) e Paulo Gamaro (Itaipu).

Mais informações

Rosana Mendes Evangelista
Telefone: (61) 2109 5266
E-mail: gecap@ana.gov.br

*Rede Hidrometeorológica Nacional

A ANA é responsável pela Rede Hidrometeorológica Nacional, que é composta de várias estações pluviométricas (medem volume de chuvas), fluviométricas (nível e vazão de rios), de qualidade de água e sedimentométricas (quantidade de sedimentos). São mais de 4.500 estações de monitoramento hidrometeorológico sob responsabilidade da ANA. Na operação dessa rede, estão envolvidas outras entidades, como, por exemplo, o Serviço Geológico do Brasil (CPRM).

Programação