Você está aqui: Página Inicial > Notícias antigas > Brasil e Espanha fortalecem a cooperação técnica

Brasil e Espanha fortalecem a cooperação técnica

por ASCOM/ANA publicado 09/05/2006 00h00, última modificação 14/03/2019 16h34
O Brasil e a Espanha iniciam, esta semana, em Madrid, negociação para a implementação do Memorando de Entendimento assinado pelos dois países em 2004 para cooperação técnica na área de recursos hídricos. O diretor-presidente da Agência Nacional de Águas – ANA -- José Machado e o Diretor

O Brasil e a Espanha iniciam, esta semana, em Madrid, negociação para a implementação do Memorando de Entendimento assinado pelos dois países em 2004 para cooperação técnica na área de recursos hídricos.
O diretor-presidente da Agência Nacional de Águas – ANA -- José Machado e o Diretor-Geral da Água do Ministério do Meio Ambiente da Espanha, Jaime Palop, se encontraram ontem (08/05) para avançar na discussão de um plano operacional para implementação das ações bilaterais que devem contemplar os seguintes temas principais: gestão da água em regiões do semi-árido, prevenção e efeitos de secas e inundações e sistema de informações hidrológicas. Durante esta semana, as delegações técnicas de ambos os países vão definir as ações concretas e uma agenda de trabalho para os anos de 2006 e 2007.
Cerca de 14 milhões de pessoas vivem no semi-árido brasileiro, enquanto na Espanha a região semi-árida compreende toda a parte central da depressão do Ebro e todo o sudeste peninsular. Dada a amplitude do problema, a Espanha e o Brasil buscam cooperar na busca de alternativas para o uso racional e sustentável dos recursos hídricos nestas regiões o que trará ganhos significativos para a atuação da ANA.
Outro tema prioritário para a cooperação é a prevenção e diminuição dos efeitos das secas e inundações. Os técnicos dos dois países pretendem iniciar um intercâmbio de experiências para minimizar o impacto das situações críticas, para a obtenção e a divulgação de informações e a modelação matemática dos fenômenos hidrológicos, para estabelecer modelos de previsão e soluções, assim como o desenvolvimento de modelos de apoio à decisão para as bacias hidrográficas e a implantação de sistemas de alerta.
Os sistemas de informações hidrológicas constituem um dos temas de interesse mútuo e para os quais pretende-se estabelecer um intercâmbio técnico para a elaboração de prognósticos meteorológicos relacionados à operação de redes e sistemas de informação hidro-metereológica. A implementação de ações de cooperação técnica na área de recursos hídricos trará ganhos significativos para as ações desenvolvidas pela ANA, em particular, e para o programa oficial da cooperação técnica entre o Brasil e a Espanha, de modo geral.

Assessoria de Imprensa
Agência Nacional de Águas