Você está aqui: Página Inicial > Notícias antigas > ANA, IGAM e FIEMG: parceria no uso da tecnologia P+L

ANA, IGAM e FIEMG: parceria no uso da tecnologia P+L

por ASCOM/ANA publicado 07/11/2006 00h00, última modificação 14/03/2019 16h34
Na próxima quarta-feira, 8/11, será realizada apresentação sobre o programa P+L (Produção mais Limpa), na sede da Agência, às 14 horas.O engenheiro agrônomo Wagner Costa, representando a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais – FIEMG será o facilitador do evento e abordará o
Na próxima quarta-feira, 8/11, será realizada apresentação sobre o programa P+L (Produção mais Limpa), na sede da Agência, às 14 horas.

O engenheiro agrônomo Wagner Costa, representando a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais – FIEMG será o facilitador do evento e abordará o conceito de produção mais limpa, sua metodologia de aplicação e alguns casos desenvolvidos pela instituição.

Na ocasião, técnicos da ANA e do Instituto Mineiro de Gestão das Águas – IGAM terão conhecimento dos resultados de aplicação da tecnologia P+L já em uso pela FIEMG. Um dos objetivos do encontro é identificar formas de envolver os técnicos da ANA e do IGAM nos trabalhos de capacitação de equipes disseminadoras da tecnologia.

Para a primeira etapa do programa foram selecionadas as bacias dos rios São Francisco, Doce e Paraíba do Sul. As indústrias que têm outorga de captação ou de lançamento de água nessas bacias receberão auxílio de consultores independentes, que darão treinamento adequado aos funcionários das indústrias.

A ANA firmou um Termo de Cooperação Técnica com o IGAM e a FIEMG para desenvolver ações de gestão de recursos hídricos no âmbito das indústrias, sob a coordenação do gerente da SUM/ANA, Devanir Garcia. Para o treinamento nas indústrias estão sendo elaboradas propostas de capacitação para o CT-HIDRO e para o FEHIDRO, como forma de obter o suporte necessário de consultores independentes.

O que é Produção mais Limpa?

De acordo com a UNEP (United Nations Environment Programme), a produção mais limpa é a aplicação contínua de uma estratégia ambiental preventiva e integrada, utilizada nos processos produtivos, nos produtos e nos serviços, para aumentar a eficiência e reduzir riscos aos seres humanos e ao meio ambiente.

P+L x Escassez de água e economia

É sabido que a escassez da oferta de água potável se deve, entre outras razões, à sua disponibilidade ser inversamente proporcional ao crescimento populacional e ao uso indiscriminado deste recurso.

Segundo dados do Banco Mundial, em âmbito global, a agricultura consome 70% da água doce disponível, a indústria 20% e os 10% restantes são utilizados para o consumo humano.

A Comissão Mundial da Água estima que o uso deste recurso aumentará cerca de 50% nos próximos 30 anos, e que, em 2025, metade da população mundial sofrerá graves restrições de água potável.

A aplicação da metodologia P+L é uma estratégia de gestão que reduz os custos e preserva os recursos naturais.